Combinar de menos é bem mais divertido :-D

Final de ano chegando... e cade as férias? Bem, para essa mera programadora, isso é algo que não terei tão cedo, mas nem pensar em ficar em casa né ...
Na quinta feira, dia 22, decidi que iria para algum lugar no sábado dia 24, comecei caçar na internet lugares interessantes...procura...procura... e achei algumas curiosidades sobre Brotas - SP, uma cidade a pouco mais de 200 km de Jundiaí, e com cachoeiras lindas, nesse calor ... uma boa ideia não acha? Me chamou a atenção o Recanto das Cachoeiras.
Por causa da época do natal, a maioria dos amigos estavam envolvidos nas festividades com suas famílias - e tomara que as festas tenham dado certo para todos ;-) - então resolvi postar no fórum das Pequenas Notáveis se alguém estava afim de ir, e pra minha alegria, o Blau e Aline toparam, o que me deixou radiante, um casal muito amigo e divertido, excelentes cias.
Pelo fórum mesmo rolam as conversas: ... tem cachoeira livre para os visitantes? Tem sim! ... Quando será? Sábado! .... Resultado:  Ok, estamos dentro!! - Tem jeito melhor de combinar as coisas?  :-D
Combinamos de nos encontrar as 8:30 hs em frente a faculdade Anhanguera em Rio Claro, cheguei em cima da hora, e detalhe ... sem me perder hein hehehe estou começando a aprender os caminhos.
Saindo de Rio Claro, seguimos para Brotas, a estrada é linda, e estava muito tranquila, pouquíssimo movimento, o que nos permite observar melhor toda a paisagem e relaxar sentindo o bem que pegar a estrada faz, pena que pilotando e ainda com luva, não deu para tirar fotos do caminho. O que eu havia dito sobre se perder mesmo? Bem, não ia passar em branco né kkkkkk acho que sou má influência kkkkkk não prestei atenção nas placas, fui só seguindo o Blau e passamos a entrada do bairro. Quando passamos pensei: "Eu acho que deveríamos ter entrado alí" kkkkk e acelerei para alcançá-lo e avisar, ainda bem que o retorno estava bem perto, logo pegamos a pista certa. Agora o caminho certo? Bem, mais ou menos kkkkk pulamos algumas linhas do mapa e com isso, passamos a entrada novamente kkkkkk fomos parar em uma cidade chamada Torrinha, cidade esta que literalmente possui quebra molas (redutores), parece que cortaram um poste ao meio e jogaram no chão, alto e estreito, um perigo!!! Mas a cidade parece legal, dessas pequenas e aconchegantes de interior. Enfim, voltamos um pedaço e achamos a entrada correta, a partir disso foi fácil, rapidinho chegamos.
E só pela entrada já da para perceber que o lugar é lindo demais né:


Olha as duas motocas aí, lindas e poderosas *-*


Já recomendando para quem deseja conhecer, a entrada é R$ 25, com acesso as cachoeiras ou à piscina, caso deseje outras atividades como arvorismo, cavalgada e outras, é td pago a parte.

E o lugar é realmente incrível !!!


Lanchonete

Restaurante






Já que nosso desejo eram as cachoeiras, hora de pegar a trilha né, primeiro: Cachoeira Roseira, a trilha mais longa e ingrime.


Tudo muito bem feito e seguro.






Olha o casal 20 aí , Blau e Aline.


Após alguns minutos, finalmente chegamos, e que DELÍCIA!!









Gravei uma pequeno vídeo pra ouvir um pouquinho, o barulho da água caindo é tão relaxante :-$



Bem, ficamos por lá um tempo, mas logo a fome bateu, subimos a trilha novamente e fomos lanchar, logo iríamos para a segunda cachoeira. E que chato ficar batendo papo com uma vista dessas né, sofrimento demais!!


Seguindo rumo a segunda cachoeira: Sto Antônio.










Quando chegamos, uma surpresa! Essas piscinas naturais são maravilhosas!!! E maiores do que a anterior.





Tudo perfeito, a natureza é realmente incrível!!



Apesar da vontade de não sair mais de lá, por voltas das 16 hs pegamos o caminho de volta, com destino a Rio Claro, o Blau e a Aline gentilmente me convidaram para ficar por lá com eles, mas infelizmente não pude ficar muito tempo, só dei uma passadinha para conhecer todo mundo e já voltar pra Jundiaí, antes que anoitecesse.
Achei a cidade de Rio Claro linda, plaina, muito agradável, pretendo ir mais vezes, para conhecer um pouco mais.
O retorno tbm foi muito tranquilo, falei que aprendi o caminho né :-D apenas uma parada para abastecer, e já quase chegando em Jundiaí, uma no restaurante Lago Azul pra comprar pão para a família, é muito bom.
Já quase chegando na cidade peguei um chuvisqueiro leve, mas de moto ... não tem como não se molhar, e não tinha viadutos próximos para eu parar e colocar a capa, então segui assim mesmo.

Resultado do sábado? Dia perfeito!!! Corpo cansado e mente radiante !!!

Ahhh e exatos 479 km rodados  :-D   um tempero delicioso na viagem!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

18/11 - Ushuaia, o sonho realizado

16/11 - Rumo a Ushuaia, mas incompletos

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado