Minha flor de duas rodas

Se alguém ama uma flor da qual só exista um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para fazê-lo feliz quando as contempla. ele pensa "Minha flor está lá, em algum lugar..." Mas se o carneiro come a flor, é, para ele, como se todas as estrelas repentinamente se apagassem!

Trecho de O Pequeno Príncipe, de Antoine Saint-Exupéry




Hoje coloquei os frisos refletivos nela ... cada dia mais linda  *-* Por as rodas serem pretas, acho que o prata combinou muito.



Comentários

  1. O meu amigo querido ex quase futuro sogro :-P hehe garanto que logo logo, promessa é dívida hein ;-) deixa comigo.

    bjs, com carinho Noellen

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

18/11 - Ushuaia, o sonho realizado

16/11 - Rumo a Ushuaia, mas incompletos

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado