Fazer parte de um motoclube ... quem sabe

Igualdade, fraternidade, amizade e liberdade! Completo a essa lista a palavra respeito.
As palavras mencionadas acima, infelizmente, não são comuns hoje em dia. Não é novidade para ninguém que o mundo está carente de ética ... de humanidade!
Hoje tive um imenso prazer em participar de uma reunião do moto clube "Caveiras do Japi", e tive a certeza que tenho sim, muita vontade de carregar esse brasão.
Das primeiras vezes que pensei em fazer parte de um moto clube, pensava apenas em ter cia para as viagens, e também promover ajuda filantrópica, o que acho admirável.
Mas hoje tive uma outra visão do que é um moto clube e qual a função de seus integrantes, e resumo tudo isso numa palavra: comprometimento!
Lidar com pessoas é sempre uma missão difícil, cada um tem sua opinião, e de vez em quando "um santo não bate com outro" o que infelizmente é natural. Mas pude encontrar pessoas que acreditam e defendem a real união entre os membros, que desejam que seja assim e se esforçam para isso, e não sou santa, mas me identifiquei muito com essas atitudes.
Foi um prazer enorme conhecer todos, esse blog é apenas uma forma de expressar o que sinto, jamais com interesse de prejudicar alguém, por isso, espero não ferir o estatuto por escrever um pouco sobre a boa sensação e impressão que tive.
E se a primeira impressão é a que fica, estou determinada a me aproximar cada vez mais, vencer a timidez, e se possível, fazer parte e vestir a camisa, literalmente!!!

Ahh e sem fotos dessa vez, eu estava tímida demais :-$ mas garanto, o pessoal tem muito bom gosto viu, cada máquina linda, será que conseguirei acompanhá-los nas estradas com a minha humilde Onix? É aguardar e conferir os relatos neste mesmo horário ... neste mesmo blog rsrsrs  :-P

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

18/11 - Ushuaia, o sonho realizado

16/11 - Rumo a Ushuaia, mas incompletos

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado