Viagem perdida? ... Jamais !!!

Na velha Harley o vento soprando nos cabelos
O que importa é ir, não é chegar
O viajante toca a vida de improviso
Roteiro é aonde a estrada levar

Desde criança sonhava viajar
Correr o mundo, e seus segredos desvendar
E hoje segue os caminhos que plantou
Como quem deseja se encontrar, além...

Águias, abutres, lobos, se irmanam nas estradas
Espíritos alados que vivem a vagar
A liberdade mora em cima de uma Harley
Tem alma errante de cometa

O horizonte é o limite do condor
Uns nascem asas, outros nascem pra raiz
Cada ser segue sua sina sob o sol
Nesta vida, que é viagem
Com destino a lugar nenhum

                                            Na Velha Harley - Billy The Kid

 

Hoje escolhi começar esse post  com a letra da música "Na Velha Harley", fico encantada com algumas frases, onde as considero quase como lema de vida ... "Uns nascem asas, outros nascem pra raiz", e nisso vou tomando minhas decisões.

E por sinal, hoje quase tive uma viagem furada, mas no fim foi legal e motivo de zuação e risadas. 

Esse final de semana foi o encontro dos Esquilos MC, de Mairiporã, estava pretendendo ir a alguns dias, mas sinceramente, não tinha acordado no clima de sair, só que tenho menos clima ainda pra ficar em casa. Então coloquei a preguiça de lado, e pouco depois das 11 hs decidi partir, pegar o finalzinho do evento. 

O dia estava lindo, finalmente céu azul e sol, pois já estou ficando verde por pegar chuva todos os dias. A viagem foi tranquila, conheço bem esse caminho então não me perdi nenhuma vez, a pista estava em reforma em algumas partes, o que me fazia redobrar a atenção, mas nada muito preocupante, e o caminho tbm é legal de se ver.




A única coisa que não gosto é pagar pedágio na Dom Pedro, R$ 2, 60 pra motocicleta na ida e na volta é um roubo ¬¬' e na volta, um motorista ficou buzinando atrás de mim, não entendem que pra moto é sempre mais complicado? Engata o ponto morto, tira a luva, procura o dinheiro na jaqueta, paga, guarda o troco, coloca luva novamente ... um longo processo ¬¬'

Chegando em Mairiporã, achei facilmente o ginásio, mas aí começou a parte engraçada da história. Quando entrei estava ... digamos ... vazio, sem som, alguma coisa errada aí certo? Exato, quis pegar tanto o finalzinho do evento que acabei chegando tarde demais rsrs já tinha acabado tudo, eu não sabia que o encerramento seria as 10 hs da manhã, senão teria ido ontem ou madrugado lá rsrs

Encontrei atrás do ginásio o pessoal do MC e perguntei se ali não era o encontro, e era, só disseram que cheguei um pouco tarde kkkkk, todo mundo começou dar risada, e eu mais ainda. De qualquer forma cumprimentei todos e  sentei por lá mesmo, batendo papo com o pessoal, e isso foi demais, tenho certeza que se em outros eventos eu encontrá-los e falar que sou a garota que chegou um pouco atrasada no aniversário deles... vamos todos cair na risada. Sentar em roda, ouvir umas histórias, dar muita risada e principalmente conhecer pessoas inteligentes com o interesse por moto em comum, poxa, impossível ser ruim!!! Bebi até uma cerveja acredita :-O kkkk

Depois de um tempo, perguntei pra Cris, a vice presidente e pro Bombeiro, o presidente, se ainda era possível eu fazer a minha contribuição, pois a parte filantrópica é uma das coisas que mais admiro. Ela disse que não precisava, apesar da minha insistência, pois já haviam doado mais de 2 toneladas de alimentos, e que com os R$ 5, 00 que eu iria contribuir, era pra eu colocar de gasolina na minha moto e lembrar dos Esquilos quando estivesse rodando, e podem ter certeza, nunca mais vou esquecê-los! 

Na despedida pedi desculpa por ter chegado atrasada, mas disseram que o mais importante pra eles eu fiz: Compareci !!!

Depois de um tempo, peguei o caminho de volta, só uma paradinha rápida no Frango Assado pra comprar um pão pra família, sempre pensando neles né...


Cheguei cedo em casa, mas nessa brincadeira foram mais de 140 km rodados, o que não é nada mal.

A estrada é o momento de por a cabeça no lugar e deixar o vento levar todos os problemas e decepções, é o lugar também de viver novas experiências, por isso a música mencionada acima me inspira, ainda não tenho uma Harley, mas minha Onix me proporciona "Correr o mundo, e seus segredos desvendar..."

"Cada ser segue sua sina sob o sol
Nesta vida, que é viagem
Com destino a lugar nenhum  "

Valeu Esquilos, foi um prazer conhecê-los, e nos próximos encontros prometo comparecer a tempo!!  ;-)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

18/11 - Ushuaia, o sonho realizado

16/11 - Rumo a Ushuaia, mas incompletos

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado