Meu ideal seria viajar... sempre!!!

Certa vez lí uma cronica do Rubem Braga que ficou marcada em meus pensamentos, diz o seguinte:

"Meu Ideal Seria Escrever...
Rubem Braga

Meu ideal seria escrever uma história tão engraçada que aquela moça que está doente naquela casa cinzenta quando lesse minha história no jornal risse, risse tanto que chegasse a chorar e dissesse -- "ai meu Deus, que história mais engraçada!". E então a contasse para a cozinheira e telefonasse para duas ou três amigas para contar a história; e todos a quem ela contasse rissem muito e ficassem alegremente espantados de vê-la tão alegre. Ah, que minha história fosse como um raio de sol, irresistivelmente louro, quente, vivo, em sua vida de moça reclusa, enlutada, doente. Que ela mesma ficasse admirada ouvindo o próprio riso, e depois repetisse para si própria -- "mas essa história é mesmo muito engraçada!"..."



Esta cronica é linda porque demonstra o desejo do escritor de passar coisas boas as pessoas, mudar a vida dos leitores..., e simplesmente fazendo o que mais gosta: escrever!

Bem, quando escrevo aqui no blog, não tenho a audácia de querer mudar a vida dos meus leitores ou influenciar a sair se hospedando em hotel fulera por aí, mas tenho sim um desejo... o simples desejo de tentar mostrar como é bom aproveitar as oportunidades, e sim, fazendo o que mais gosto: viajar de moto!!!

Uma voltinha rápida numa cidade pequenininha pode nos levar a pensar na vida, planejar o próximo passo ou até a simplesmente admirar belas paisagens. Pelo caminho podemos encontrar novos e grandes amigos, parceiros mesmo para as próximas estradas, e garanto, tudo isso é bom demais!!!

Estou longe ainda do meu ideal, mas ontem fiquei muito feliz e orgulhosa, a "nossa" viagem pro Nordestão (sim, nossa, afinal estava com uma torcida enorme de amigos na bagagem) virou um artigo no site Viagem de Moto. E está sendo o máximo ler os comentários, as parabenizações, e saber que com o "exemplo", se é que podemos chegar tão longe... está inspirando novos aventureiros por aí. Sempre vou repetir, viajar é o máximo, mas também voltar, refletir em tudo o que aconteceu e compartilhar essas loucuras fazem cada km valer ainda mais a pena.

Fica aqui meu muito obrigada a todos que me apoiam, incentivam, ou que criticam também, afinal, é sinal que se preocupam... mas depois, sei que também babam nas imagens rsrs ;-P

Desejo milhares de km's de muita alegria para todos, e espero cada vez mais fazer novos amigos por essas estradas, afinal motociclistas se reconhecem, e compartilham por esses caminhos com um amor indescritível.

Obrigada mesmo pelo carinho, e para conferir o artigo, segue aí o link ;-)







;-)

Comentários

  1. Estava pesquisando essa crônica e cheguei a seu blog. Parabéns pela forma leve como você escreve. (estou passando rapidamente, mas voltarei depois...rss)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

18/11 - Ushuaia, o sonho realizado

16/11 - Rumo a Ushuaia, mas incompletos

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado