18 à 20/07 - Amizade á primeira vista ... Maceió AL

Já percebeu que nunca se falam de amizade à primeira vista? Aquela amizade que se inicia com uma empatia imediata ou uma atitude surpreendente, e que se estende para a vida... para qualquer momento...

Bem, Maceió me deu esse presente, e não só um amigo, mas uma família ...

Mas vamos por partes...

Saí de Aracajú SE no dia 18, pouco depois do almoço, lá pelas 13 hs, como apenas 260 km me separava do meu destino, esperava que até umas 16 horas já estivesse em  Maceió, mas que engano!!!

A BR 101, de Sergipe até Maceió também está sendo duplicada, com isso há diversos desvios pelo caminho, e embora o asfalto da pista em sí esteja relativamente bom, as partes dos desvios estão muito ruins, com buracos gigantes, cabe a moto inteira dentro destes, isso sem contar o fluxo de caminhões que é muito grande, com isso, demorei..., demorei pra chegar...

Como também peguei chuva forte em alguns pontos, preferi não ir pela Balsa para Penedo AL, mas sim ir pela pista normal... mas essa não foi a melhor decisão. Pelo menos tive um ponto positivo a meu favor, Alagoas tem muita plantação de cana, mas no período que passei não é época de colheita, então não tive que dividir a pista com aquelas carretas malucas cheias de cana, apenas o fluxo normal de caminhões que mesmo assim é intenso, mas que já ajudou...


Foi interessante o caminho porque passei por alguns lugares bem simples, na ponte para atravessar o São Francisco tinha o esquema de Pare/Siga, então mais um pouco de trânsito... mas a população me chama a atenção, os muitos povoados... é tudo diferente e interessante.



Atravessando o São Francisco...



Bem, com tudo isso levei mais de 5 hs para chegar ao meu destino, cheguei em Maceió já anoitecendo e embaixo de chuva, sinceramente estava preocupada e enrolada. Nesse momento, tomei uma decisão importante, eu não queria de forma nenhuma incomodar o Heberte, conselheiro Brazil Rider's de Maceió, mas como eu estava receosa, sozinha e molhada, liguei pra ele afim de pedir uma indicação de hospedagem... mas algo muito melhor aconteceu.

Quando nos encontramos, próximo à entrada da cidade, ele me disse que eu poderia ir pra casa deles, da pra acreditar? Eu ainda disse que não queria incomodar e ele poderia me recomendar qualquer albergue que eu iria, sem problemas, mas ele me disse que a esposa tinha deixado, então .... vamos que vamos hehe \o/ E essa foi uma experiência maravilhosa, amei a companhia deles, todos da família são maravilhosos, encantadores... sou só elogios.

Agradeço muito a todos pela recepção maravilhosa e tamanha hospitalidade, sinceramente, muitas vezes nem parentes tem coragem de abrir as portas para alguém assim.


No outro dia fez um sol lindo, e saímos pra eu conhecer um pouco de Maceió, e que paraíso, me mudaria fácil pra lá, na verdade, estou é me segurando pra ficar em São Paulo rsrs vontade de sair acelerando viu rsrs.

Começando por um almoço delicioso...



E passando por lugares incrivelmente lindos...


Família encantadora ... Heberte, Nástia e Morgana, prazer enorme conhecê-los, todos os momentos e km's em cia de vcs valeram muito a pena!!! Infelizmente o Heberli não pode nos fazer cia, mas não me esqueço de você também não rapaz o/



Praia do Gunga... nunca ví tanto coqueiro na minha vida rsrs





E por todos os lugares que olhasse só encontrava lugares lindos!!!

 





Praia do Francês...



Além disso ainda fomos no mercado de Artesanato e em mais alguns lugares bacanas, dia perfeito hein \o/ E como só chega notícia de seca do Nordeste aqui pro Sudeste... como Maceió é lindo !!!

Uma das coisas que me chamou muito a atenção nesses dias foi tudo o que aprendi no conceito de motociclista, acho que realmente me senti uma. É claro que há muitos amigos que são ótimas companhias nos passeios, viagens ... mas tem alguns que se superam e ensinam que realmente vestem a camisa da irmandade, e todo esse comportamento e atitude faz parte do seu ser. Digo que realmente me senti uma motociclista porque tiveram a gentileza de me presentear com meu primeiro colete, escrevendo no blog já abro um sorriso de orelha a orelha novamente, mas é difícil dizer o quanto isso foi importante e emocionante pra mim, ganhar um presente desses de pessoas que tenho tanto respeito e admiração, principalmente pelo fato da experiência que eles tem por essas estradas... é incrível!!! E sinceramente, quando eu crescer, quero ser que nem eles.

Como são do MotoClube Cavalos de Ferro, me ensinaram e contaram as histórias dos eventos pelo Nordeste, dos troféus, dos bois no rolete... é muita coisa boa, amei toda a alegria e receptividade que ouvi, é um pouco diferente do que estou acostumada, acho que aqui em São Paulo andamos um pouco impessoais, sei lá, é diferente, é muito especial!!!

No outro dia ainda tiveram a gentileza de me acompanhar até Garanhuns, em Pernambuco, tinham contato por lá e já arrumaram até gente pra me hospedar,  pensaram e cuidaram de mim em tudo!!!

É por isso que comecei este post falando sobre amizade, não precisou de muito tempo para que eu desenvolvesse um carinho enorme por toda a família, e podem até não querer, mas já os adotei no meu coração, e desse carinho não abro mão.

Maceió foi realmente muito especial na minha viagem, mais do que um paraíso, achei tesouros em forma de amigos!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

18/11 - Ushuaia, o sonho realizado

16/11 - Rumo a Ushuaia, mas incompletos

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado